Será o Tempo Apenas Uma Ilusão?

Seria o tempo, apenas uma ilusão? Ou seria talvez apenas um fenômeno local, desta realidade? Ou talvez, como alguns afirmam, tudo já teria acontecido? Ou ainda, que tudo acontece ao mesmo tempo?

Sabemos, por percepção própria, que o tempo é uma quantidade relativa. Se estivamos tratando um canal na cadeira do dentista, alguns minutos podem parecer horas. Por outro lado, se estamos nos divertindo em boa companhia, as horas passam como se fossem minutos.

Tom Campbell, em suas pesquisas ao longo de quarenta anos, descobriu que o TEMPO, é uma quantidade fundamental em QUALQUER nível de realidade. Necessariamente, foi uma das primeiras criações da Fonte ou LCS (Larger Consciousness System), ou ainda Sistema Maior de Consciência. Tudo isso está subsidiado com detalhes em seu livro MyBigTOE.

Vamos sumarizar e simplificar aqui um pouco, para não escrevermos outro livro a respeito. Você pode também assistir ao vídeo em destaque aqui, para para compreender também um pouco destas idéias.

Nossa Realidade É Virtual

Sim, nossa realidade é construída de forma virtual, digital e baseada em Consciência. Esta última é a FONTE de tudo, e sendo digital ela trata com informação, gerada pela combinação de zeros e uns, exatamente como em um computador.

Aquilo que percebemos em nossa “tela tridimensional holográfica” é uma sequência de imagens gerada pela Fonte, enviada a nós em um fluxo personalizado de informação, que reconstituímos por sua rapidez, como “movimento real” daquilo que se passa conosco.

A Consciência Fonte, consegue fazer isso como em um programa rodando em um computador ou videogame.

Figura: esta sequência de linhas numeradas na tela, é um programa de computador.

O Que É Um Programa de Computador ?

Para quem não conhece, um programa, como aparece na imagem acima, é uma sequência numerada de instruções escritas em uma linguagem, pré-programada para ser compreensível por ele e que o computador segue do início ao fim.

Quando chega ao fim do programa, existe ali uma linha de programa que envia o processador, para a primeira instrução da lista, e o processo começa de novo. O computador volta a seguir todas as instruções, passando uma por uma e atendendo aquelas que são válidas.

Isso se repete em um loop infinito, a menos que seja interrompido por algum fato específico, como a execução ser suspensa pelo operador, o computador ser desligado ou alguma instrução específica for deixada para isso. O computador não improvisa, segue instruções.

Esse ciclo descrito se chama um loop ou circuito de programação. A velocidade máxima com que o computador consegue fazer um ciclo desses, podemos chamar de relógio ou ciclo de tempo do sistema. Em geral é um tempo muito menor do que um segundo.

CLIQUE NA IMAGEM PARA VISUALIZAR NOSSO NOVO PACOTE
DE BINAURAIS PARA SUPORTE A ESTADOS MEDITATIVOS

Como São Construídas As Imagens ?

A imagem que é gerada por esse programa na tela do computador ou do videogame, é substituída por uma imagem nova, construída por essas instruções (linhas de programa) a cada ciclo ou loop do programa.

Esse intervalo de tempo decorrido (que o Tom nos livros chama de delta-t, uma descrição técnica), é o intervalo de tempo mínimo ou a velocidade máxima de qualquer coisa que possa acontecer nesse sistema, jogo, programa, simulação ou realidade.

Nossa sensação de movimento vem do acender e apagar de pixels na tela, construindo imagens sucessivas, a cada intervalo de tempo, ou loop do programa. A imagem abaixo ilustra isso.

Figura: As instruções do programa acendem sequencialmente os pixels necessários na tela.

Tudo ocorre, em nossa realidade holográfica e na tela do videogame, exatamente como nesse exemplo, e não diferente da forma que vemos movimento em um filme no cinema. Uma troca rápida de quadros de imagem fixos, mais rápido do que percebemos, gerando a sensação de movimento.

Assim É Construída Nossa Percepção da Realidade

Nossa percepção, como que vai passando através dos quadros tridimensionais sequenciados no fluxo de informação personalizado que nossa Consciência recebe. A rapidez da atualização da tela fornecida a nós pela Consciência Fonte, é muito maior do que qualquer computador que tenhamos.

Esse tempo de ciclo é muito, muito, muito menor que 1 segundo. Não tem como percebermos a granularidade ou pequenos saltos nesse fluxo ou sequência. É A Fonte. A Origem.

Assim é construído o tempo pela fonte, particular e ajustado para cada realidade, de acordo com o relógio de seu próprio programa. E quais as evidências disso? A Velocidade da Luz como descoberta por Einstein é uma das maiores evidências.

Einstein descobriu que havia um teto máximo de velocidade em nossa realidade: a velocidade da luz ou 300 mil quilómetros por segundo. Isso é muito, mais é o teto. E o teto ocorre porque nada pode ir mais rápido que a velocidade de relógio ou loop, do programa que cria a Realidade Local (PMR = “realidade física material” em que vivemos).

Einstein já sabia disso, como conclusão de suas equações da Relatividade. Mas ele não sabia o porquê desse limite. Claro, na época dele nem existiam os computadores, ou ciência da computação como existe hoje. Tampouco os videogames ou simulações de hoje.

Então ele não tinha mesmo como compreender isso… não era o momento certo.

O Tempo é Fundamental em cada realidade assim gerada… e são muitas delas, em muitos níveis, como constata e expica o Tom Campbell. Algumas realidades estão aninhadas dentro de outras, de nível mais alto ou sutil.

Todas as realidades são virtuais. É o material construtivo disponível à Consciência Fonte, a Informação. Todas essas realidades têm um relógio próprio, cada um ao seu ritmo, mas todos avançam para a frente. Isso é um requisito do funcionamento de um programa e portanto das realidades virtuais.

Para as realidades que estão em níveis, uma dentro da outra, o tempo de ciclo da mais alta é sempre menor ou mais rápido que daquela que está dentro, ou em nível mais baixo.

Um exemplo simples para entender isto, são os sonhos. Não importa quantas vidas você viva em um sonho, por longo que pareça, quando você acorda, percebe que aqui passaram-se apenas poucos minutos. O tempo sempre avança.

Inclusive para A Fonte que o criou e o usa. Aliás esse é o intervalo mais curto ou rápido.

De Onde Vem a Noção De Que Tudo Já Aconteceu?

A noção de que “tudo já aconteceu“, que “tudo acontece ao mesmo tempo“, que “o tempo é uma ilusão“, ou que “em outros locais não há tempo” pode estar vindo de algumas possíveis fontes:

  • o dogma ou crença da pessoa que afirma isso, é que A Fonte tem acesso e sabe todo o futuro.
  • o dogma pode ser também, de que não há livre arbítrio como na ciência determinista materialista.
  • a pessoa acessou o “banco de dados do sistema“, o “oceano de todas as possibilidades” ou ainda conhecidos como “registros akáshicos“, viu que tudo parece já estar lá, e interpretou errado.

Vou explicar esta última pois me parece a mais plausível, inclusive porque alguns que são chamados de iluminados, e que se supõe ter acessado essas informações, possam tê-las interpretado ou descrito erroneamente, não por má fé. Isso seria bem possível.

Figura: Todas as possibilidades passadas e futuras, seguem disponíveis no Sistema de Consciência.

No livro três de MyBigTOE, Tom explica a mecânica de funcionamento da realidade. Ela lembra muito a imagem acima, que vou explicar brevemente aqui, para que você possa entender essa terceira possibilidade que listei.

Possibilidade, é tudo que pode acontecer, por exemplo se jogamos uma moeda para cima, quando ela cai pode mostrar duas faces apenas, cara ou coroa.

Probabilidade, é quanta chance existe, estatisticamente, dessa mesma moeda cair com um ou outro lado para cima. Nesse caso as probabilidades são iguais, de 50% para cada lado. Ou seja sem repetirmos o processo mil vezes, provavelmente teremos 500 caras e 500 coroas.

Dado que o LCS ou Consciência Fundamental tem acesso ao histórico de todos nós, de tudo que ocorreu desde sempre até aqui e agora, ele tem plenas condições de calcular quais são todas as possibilidades de escolhas que teremos no momento seguinte, e o que provavelmente escolheremos, dentre essas possibilidades.

A Fonte calcula tudo isso, para o momento seguinte, para o próximo… e para milhões de outros a seguir. Isso cobre um futuro bem distante. A Fonte mantém esse banco de dados, porque entre outras coisas, isso facilita o envio do fluxo de informação personalizado (que descrevemos acima), para irmos percebendo nossa realidade, momento a momento como se fosse contínua, como um filme ao vivo.

A Fonte é uma Consciência MUITO PODEROSA, pode calcular tudo isso e tem espaço no “banco de dados para guardar tudo isso“. Ela guarda não só as possiblidades futuras, como também todas essas escolhas que foram calculadas para situações do passado, tanto as que realmente escolhemos, como todas as outras que foram calculadas mas ninguém escolheu.

Imagine alguém ter acesso a esse banco de dados, filmes de todas as realidades possíveis, passadas e futuras, que são hoje apenas possibilidades ainda pendentes de nossas escolhas de livre arbítrio. Quem vê aquilo, inclusive em movimente, facilmente poderia pensar: que tudo já ocorreu, ou que tudo já está definido.

Sumarizando:

  • o tempo não é ilusão, ainda que possa ser percebido diferentemente;
  • por necessidade da realidade ser digital e virtual, todas elas têm tempo e ele sempre avança;
  • os ritmos de avanço ou velocidade podem e são diferentes em cada realidade;
  • o tempo em cada realidade, avança de acordo com o relógio do programa ou tempo de ciclo;
  • consciência, a fundamental ou a nossa, evolui e isso só ocorre com a passagem do tempo;
  • o tempo foi uma das primeiras criações da Fonte, para chegar a organizar tudo isso;
  • o livre arbítrio é evidência que tudo não está definido ainda, que podemos escolher.
  • a percepção incompleta do funcionamento deve ter levado ao erro dessa interpretação.

Espero que este texto e o vídeo, tenham ajudado você a ter uma melhor compreensão sobre o Tempo, e também sobre a possível fonte de enganos quanto a sua interpretação.

Lembro, que não tenho a intenção de convencer ninguém em contrário a suas convicções. Espero apenas que este material traga alguma luz e seja matéria pra reflexão e possível expansão da consciência, que no final é o maior objetivo das ideias de MyBigTOE.

Por favor deixe seus comentários e likes ou dislikes, aqui e no vídeo.

Um forte abraço,

Mario Jorge – MyBigTOE Br

16 comentários em “Será o Tempo Apenas Uma Ilusão?”

  1. Essa questão sempre me pega rsss.
    Mas seguir experienciando duvidas e certezas
    Aceitando os paradoxos…
    Afinal é muito libertador n “buscar” a verdade é sim viver a Vida.
    Grata por seu trabalho!
    Como vc diz grata “consciência “.
    Abraço
    Gratidão Infinita!
    Cris

    Responder
  2. É verdade Mário, aqui é uma tela universal ou mundial ao alcance de todos, ou de quem pode, mas num mundo em que muito poucos entendem o que aqui se fala. Como sabe, alguns que por alguma razão aparecem aqui como eu, têm a responsabilidade de ler, esmiuçar, cortejar mesmo para conseguirem falar para pessoas não escolarizadas, portanto, e em línguas nacionais e não português (a maioria da população é analfabeta funcional e analfabeta informática), agora, se eu estou tão longe destas teorias (registos akáshicos, tela 3D holográfica, trilhas audio binaural…), quer dizer, explico-me assim para saber que estou ainda catando cacos bem em baixo, e diga-se de passagem tudo aqui corre à velocidade mil, e fico correndo atrás de fuso horário e livros que… estou num contexto totalmente diferente do vosso (Novo Mundo), aqui no antigo mundo, literalmente.
    Obrigada e bom trabalho

    Responder
  3. Já ouvi falar de ideias estranhas como “na dimensão tal o tempo não existe”, ou “o tempo é só uma pequena parte da realidade, existem outras realidades em que não há tempo” e isso sempre soou estranho para mim. Quer dizer, em “outras realidades” a existência
    seria congelada? nada flui? Daí, percebo que o tempo realmente parece ser um aspecto fundamental da realidade seja em qualquer nível em que a realidade se manifeste. A razão que me sugere isso é que para haver qualquer experiência consciente, é necessário haver EXPRESSÃO (algo tem que se expressar à consciência). E para haver expressão, é preciso haver VARIAÇÃO (ex: as cores variam em função da distribuição no espectro da luz, o que as torna expressões observáveis por uma consciência). E variação implica TEMPO. Consciência, expressão, variação e tempo são coisas muito íntimas entre si e muito fundamentais. Sem variação, não existiria expressão e nem experiência consciente. O texto citou algumas possibilidades para explicar a impressão equivocada que algumas pessoas tem de que o tempo é uma ilusão ou um artefato menor de uma dimensão da realidade, mas tem uma que não notei: essas pessoas intuem que existe um aspecto da realidade que não é afetado pelas transformações temporais em absoluto. E o paradoxo da mudança, como notado desde os tempos de Heráclito e Parmênides, é como algo pode mudar e permanecer o mesmo. Nesse sentido, é correto intuir que por trás de todas as transformações que o fluxo temporal possibilita, um aspecto fundamental da realidade (e de nós mesmos, por conseguinte) é absolutamente intocado pelo tempo e permanece sempre imutável. Mas esse aspecto não exclui o tempo e nem torna o tempo algo “menor”. Pelo contrário, ele coexiste com o tempo de uma maneira fundamental, em todas as realidades possíveis.

    Responder
    • Olá Beto, boa tarde. Parabéns pelo seu raciocínio exposto acima. Bate exatamente com o meu próprio e também com o que explica MyBigTOE. A consciência quando percebe algo que se passe… percebe isso no tempo. Não havendo tempo, sendo estático, não há o que ser percebido por ela… nós. Tampouco há qq evolução de qq tipo. O que nos constitui não muda, o que somos nisso sim. Fte abc., Mario Jorge

      Responder
  4. Hoje tive uma vivencia que me levou a essa pagina, entendi perfeitamente a questão tempo.
    Possuo muitas das crenças mencionadas acima, buscando compreende-las e troca-las por conhecimento, confesso que estou tateando cada centímetro dessas informações. Nesse momento me auxiliou muito.

    Responder
    • Que bom que foi positivo e no momento exato. Costuma-se dizer que o mestre aparece quando o aluno está pronto.
      Uma interpretação disso é que a mensagem é o mestre e o aluno é nosso momento de necessitar e estar maduro para aproveitar aquela mensagem…

      Fte abc.,

      Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WhatsApp Fale Comigo!