Conheça Tom Campbell – Video com breve apresentação!

Thomas Campbell

Conheça Tom Campbell – Video com breve apresentação!

Link Youtube

Olá! Eu sou Tom Campbell.

 

Em 1972 eu era um físico aplicado durante o dia todo e um pesquisador da consciência durante parte da noite e nos fins de semana.

Como físico eu me especializei em modelar grandes sistemas complexos dentro de computadores.

Como um pesquisador da consciência, defini e explorei estados alterados da consciência “sem uso de drogas” e investiguei as habilidades e limitações da consciência.

Eventualmente eu consegui fundir o estudo e a aplicação de ambos, a física e a consciência em um modelo geral da realidade.

O resultado desta pesquisa une os mundos da experiência objetiva e subjetiva, assim atingindo o objetivo de gerar uma teoria unificada e compreensiva de tudo, que

é uma TOE. Uma TOE que liga a metafísica e a física em um único entendimento científico.

O resultado deste trabalho foi publicado na forma da Trilogia “My Big TOE” (Minha Grande Teoria de Tudo) e já tem mais de 200 vídeos no Youtube dos meus workshops, conferencias e entrevistas.

O “Minha” da “Minha Grande Teoria de Tudo”, não representa orgulho da autoria, mas antes o fato de que no mundo subjetivo da sua consciência, “se não for por sua própria experiência” não pode ser sua verdade. O “Minha” do Minha Grande TOE te lembra que você precisa desenvolver sua própria Big TOE a partir da própria experiência.

A Trilogia MBT desenvolve uma derivação completa a partir da consciência. Esta Derivação começa com 2 pressupostos e então prossegue deduzindo logicamente todos os atributos, limitações, propriedades, qualidades e mecânica da consciência e da realidade mais ampla. O que é, de onde veio e como ela funciona.

Os dois pressupostos são 1) “que a consciência existe” assim como nós a experimentamos, e que é um sistema baseado-em-informação, autoconsciente e automodificante, e que 2) a evolução existe assim como a experimentamos e é um processo de seleção natural, um processo que ao longo do tempo leva um sistema auto modificável a melhor se acomodar tanto aos ambientes internos como os externos. A partir destes 2 pressupostos, todo o resto se desdobra logicamente, chegando a que a consciência é fundamental e tudo mais se deriva a partir daí.

A metafísica que é ontologia e epistemologia, cosmologia e teologia e os conceitos de Deus, espiritualidade, amor, moralidade e livre arbítrio, assim como o objetivo humano e seu potencial, são todos facilmente derivados como consequências lógicas da teoria da consciência MBT.

Da mesma forma, mas surpreendentemente, a física moderna também é uma derivação lógica e consequência da consciência. Esta física e metafísica unificadoras, são como subconjuntos de um único entendimento mais completo, de uma realidade muito maior.

Problemas e paradoxos de ambas, física e metafísica, são resolvidos simples e completamente aplicando-se esta nova perspectiva.

A teoria da MBT prevê acuradamente os resultados de experimentos científicos e faz novas predições que são experimentalmente verificáveis. Ela explica os resultados acumulados pela Pesquisa de Anomalias de Engenharia de Princeton (PEAR) em seus laboratórios nas ultimas décadas.

Ela explica o efeito placebo e como ele funciona. O que precedeu ao “Big Bang”. O Universo em expansão. Como a “Intenção” pode afetar a realidade. A nossa origem, natureza e objetivo, assim como os do nosso universo. O que acontece depois que morremos. Porque a velocidade da luz é constante, sob o movimento da sua fonte. Qual é a chave deduzindo a relatividade e porque as partículas são provavelmente na verdade distribuições de probabilidade. Qual é a chave para deduzir a mecânica quântica.

A teoria MBT explica porque e como, o experimento da dupla-fenda e o entrelaçamento de partículas funcionam e porque os sonhos precognitivos e visão remota funcionam, assim como vários outros

mistérios científicos de longa data.

A mesma lógica e ciência MBT que entrega uma melhor compreensão da física, também entrega um modelo de consciência e um melhor entendimento da metafísica. O que é considerado agora “paranormal” se torna simplesmente normal e a fundação de lógica é vista suportar tanto as experiências subjetivas como as objetivas, além de todos os temas anteriores.

MBT explica e define amor, e como e porque, o amor é a resposta para os problemas mais prementes da humanidade.

Ela explica o que cada indivíduo pode fazer para encontrar paz, felicidade e satisfação na sua vida.

Ela responde as questões sobre o que é espiritualidade e como alguém se desenvolve. De acordo com esta teoria, consciência, o Sistema Mais Amplo de Consciência é a fonte, o núcleo, o criador de tudo o mais. A tarefa posta à frente da humanidade, é evoluir de forma mais cooperativa, cuidadosa e com compaixão, em sua interação com ela mesma, com outras espécies e com a própria terra, para se tornar um sistema mais amplo e efetivo.

Esta pressão para implantar uma união cooperativa e cuidadosa, representa o vetor do progresso evolucionário dentro de um sistema de consciência em evolução, que sentimos como um empurrão inato para nos afastarmos de uma competição existencial mais restritiva, para uma expansão cooperativa mais livre. Uma de ser auto focado para ser focado no outro, e que esteja se distanciando do medo, do EGO, das crenças e indo na direção do amor.

Este processo tem sido chamado de “crescimento espiritual”, “melhorar a qualidade” ou “reduzir a entropia” de uma consciência, é crescer e viver na “Visão Mais Ampla”, dentro da realidade maior da consciência e expressando unicidade com todos os seres dentro do “Sistema Mais Amplo de Consciência”.

É um fato que toda mudança significativa deve ser feita ao nível individual, de forma que cada um como indivíduo consiga implantar esta profunda metamorfose evolucionária.

Como você pode deixar de ser parte do problema para se tornar parte da solução?

Gandhi disse que é melhor simplesmente ser a mudança que você quer ver no mundo!!

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx FIM xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Conheça Tom Campbell – Video com breve apresentação!

Deixe uma resposta